wholesale nfl jerseys  Metodologia Projetual - Giselle Dziura | Escritório de Arquitetura em Curitiba


O Studio trabalha com uma metodologia que envolve a gestão de processos de projeto, em atendimento as competências dispostas na Lei 12.378, de 31.12.2010.


Sobre o significado de projeto, conforme Resolução CAU/BR- 21 (Conselho Nacional de Arquitetos e Urbanistas), de 5 de abril de 2.012, projeto significa: “criação do espírito, documentada através de representação gráfica ou escrita de

modo a permitir sua materialização, podendo referir-se a uma obra ou instalação, a ser realizada através de princípios técnicos e científicos, visando à consecução de um objetivo ou meta e adequando-se aos recursos disponíveis e às alternativas que conduzem à viabilidade de sua execução.”

 

Conforme NBR 13531, de novembro de 1995: …“2.2. Elaboração de projeto: Determinação e representação prévias do objeto (urbanização, edificação, elemento da edificação, instalação predial,componente construtivo, material para construção) mediante o concurso dos princípios e das técnicas próprias da arquitetura e da engenharia.”

 

Além disso, conforme a Resolução CAU/BR, o projeto é autoral, tem autonomia disciplinar, é indivisível (o processo projetual organiza-se em etapas – estudos iniciais, anteprojeto, projeto – mas elas não são autônomas. Elas fazem parte de um todo, articulado, através da intenção que permeia todo o processo), é complexo (elaborado em processo compositivo que envolve múltiplas variáveis disciplinares, tecnológicas, políticas, sociais, econômicas), e toda construção é precedida por um projeto, ou seja, ela não pode ser executada a partir de apenas uma das etapas do processo projetual.”…

 

 


Etapas de projeto:

A divisão do projeto em etapas deverá ser utilizada tão somente para facilitar o planejamento, ficando claro o caráter de indivisibilidade do projeto como um todo.
As etapas abaixo estão baseadas na NBR – 13.352 – Elaboração de projetos de edificações – Arquitetura, deve ser aplicada em conjunto com a NBR- 13.351- Elaboração de Projetos de Edificações – Atividades Técnicas, na definição e sequência das etapas de projeto e documento divulgado pela CAU em “Tabelas de honorários de serviços de arquitetura e urbanismo do Brasil”:

Etapa 1– Briefing

Etapa 2 – Levantamento (coleta das informações de referência que representem as condições preexistentes, de interesse para instruir a elaboração do projeto, contendo elementos físicos, técnicos, culturais, perceptivos, legais e jurídicos, sociais, segurança, ergonomia, econômicos e outros)

Etapa 3 – Programa de necessidades (determinação das exigências de caráter prescritivo ou de desempenho – necessidades e expectativas dos usuários, a serem satisfeitas pela edificação a ser concebida)

Etapa 4 – Estudo de viabilidade (elaboração de análise e avaliações para seleção e recomendação de alternativas para a concepção da edificação e de seus elementos, instalações e componentes)

Etapa 5 – Estudo preliminar (concepção e à representação do conjunto de informações técnicas iniciais e aproximadas, necessários à compreensão da configuração da edificação)

Etapa 6 – Anteprojeto (concepção e à representação das informações técnicas provisórias de detalhamento da edificação e de seus elementos, instalações e componentes, necessárias ao inter-relacionamento das atividades técnicas de projeto e suficientes à elaboração de estimativas aproximadas de custos e de prazos dos serviços de obra implicados. Esta etapa inclui a elaboração dos Documentos Para Aprovação (ou “Projeto Legal”), destinada à representação das informações técnicas necessárias à análise e aprovação, pelas autoridades competentes, da concepção da edificação e de seus elementos e instalações, com base nas exigências legais (municipal, estadual, federal), e à obtenção do alvará ou das licenças e demais documentos indispensáveis para as atividades de construção)

Etapa 7 – Projeto Executivo (concepção e à representação final das informações técnicas da edificação e de seus elementos, instalações e componentes, completas, definitivas, necessárias à execução da obra)

Etapa 8 – Coordenação e compatibilização de projetos (definição dada pela resolução 51/2012, do CAU/BR): Sub-etapa desenvolvida ao longo de todo o processo de elaboração do projeto envolvendo a atividade técnica que consiste em coordenar e compatibilizar o projeto arquitetônico, urbanístico ou paisagístico com os demais projetos a ele complementares, podendo ainda incluir a análise das alternativas de viabilização do empreendimento)

Etapa 9 – Coordenação de equipe multidisciplinar ou gerenciamento de projeto (definição dada pela resolução 51/2012, do CAU/BR:Sub-etapa ou atividade que consiste no gerenciamento das atividades técnicas desenvolvidas por profissionais de diferentes formações profissionais, as quais se destinam à consecução de plano, estudo, projeto, obra ou serviço técnico)
Etapas complementares ao projeto:
. Assessoria para aprovação de projeto perante órgãos de controle, fiscalização ou de financiamento.
. Assistência à execução da obra (finalidade de verificação da implantação do projeto na obra, visando assegurar que sua execução obedeça fielmente às definições e especificações técnicas nele contidas)
. “As built” (atividade técnica que, durante e após a conclusão de obra ou serviço técnico, consiste na revisão dos elementos do projeto em conformidade com o que foi executado, objetivando tanto sua regularidade junto aos órgãos públicos como sua atualização e manutenção)
. Acompanhamento de obra ou serviço técnico – verificação da implantação do projeto na obra, visando assegurar que sua execução obedeça fielmente às definições e especificações técnicas nele contidas.

mlb jerseys usa Vaughn Martin Authentic Jersey Jose Iglesias Authentic Jersey Marquise Goodwin Authentic Jersey Willie McCovey Authentic Jersey  mlb jerseys usa Vaughn Martin Authentic Jersey Jose Iglesias Authentic Jersey Marquise Goodwin Authentic Jersey Willie McCovey Authentic Jersey